História

Campinas, 5 de outubro de 1966: nessa data foi lançada a pedra fundamental do campus de uma das universidades mais importantes do Brasil, a Unicamp. As terras, doadas para o Estado por João Adhemar de Almeida Prado, possuíam 30 alqueires e estavam localizadas a 12 quilômetros do centro de Campinas.

Neste mesmo ano, o Conselho Estadual de Educação autorizou a instalação e o funcionamento do Instituto de Matemática, através da Resolução nº46/66. Mas somente dois anos depois, em 1968, o Instituto de Matemática, Estatística e Ciência da Computação começou a funcionar.

Os primeiros alunos formados pelo Instituto entraram na Unicamp no ano de 1967, mas neste período os alunos ingressantes começavam o curso na Faculdade de Ciências e depois optavam pela modalidade que mais lhe agradassem. O primeiro curso a ser criado no IMECC foi o de Estatística, no ano de 1968.

Com o desmembramento do Departamento de Ciência da Computação (DCC), que deixou de fazer parte do IMECC para tornar-se uma Unidade independente em março de 1996, o Instituto de Matemática, Estatística e Ciência da Computação teve seu nome alterado para Instituto de Matemática, Estatística e Computação Cientifica, o que permitiu que a sigla IMECC fosse mantida.

Em 2018, o Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica completará 50 anos dedicados a desenvolver o ensino, a pesquisa e a prestação de serviços à comunidade. Em todos esses anos de trabalho e pesquisas, o instituto teve um papel relevante na formação de cidadãos que contribuíram e contribuem para a evolução da matemática no país.

Responsável pelas informações nesta página: