Arquivo mensais:março 2009

Prêmio Abel de Matemática 2009 para Gromov

Mikhail Leonidovich Gromov 65,  vai receber o prêmio Abel de Matemática 2009 por causa de suas importantes contribuições a geometria e teoria de grupos.

O prêmio Abel é bem recente (começou em 2003)  mas já tem prestígio suficiente para ser comparável ao Nobel que não premia matemáticos. O Abel só premia quem contribui para a matemática pura. O valor do prêmio é um pouco menos que um milhão de dólares, US$ 950 mil.

A comissão do prêmio Abel apresenta as suas justificativas para atribuir a Gromov o prêmio. Quem gosta de captar tendências ou pontos filosóficos nas declarações de pessoas que influenciaram a escolha, a declaração, curta, têm palavras suficientes (tradução livre):

Mickhail Gromov  sempre procura novas questões e constantemente pensa em novas ideias para solução de problemas antigos. He produziu um trabalho profundo e original ao longo de sua carreira e continua muito criativo. O trabalho de Gromov será uma fonte de inspiração para muitas descobertas matemáticas no futuro.

Statement in English:

“Mikhail Gromov is always in pursuit of new questions and is constantly thinking of new ideas for solutions to old problems. He has produced deep and original work throughout his career and remains remarkably creative. The work of Gromov will continue to be a source of inspiration for many future mathematical discoveries”.

Mikhail Gromov, 65 anos, recebe Prêmio Abel de 2009. Photo: Gérard Uferas

O que aconteceu antes do Big Bang?

Esta é uma pergunta frequente feita por quem começou a estudar ou ler sobre cosmologia.

As respostas curtas são: só Deus sabe; ninguém sabe.

Se soubéssemos da gravitação quântica, da massa de Higgs (LHC pode ajudar), da matéria e da massa escura saberíamos algo mais dos eventos logo após o que entendemos ter sido o Big Bang. Mas não antes, se é que haveria um antes.

A gente nunca está satisfeita com o que já sabemos! E isto é interessante nas ciências: a cada nova descoberta ou resposta, novas perguntas e inquietações.

Vamos por partes. Quem faz esta pergunta já tem noções da Cosmologia moderna, mas reproduzo o texto sintético e cuidadoso do Dr. Rogério Rosenfeld

Cosmologia é a Ciência que estuda a estrutura, evolução e composição do universo.

Reproduzo também duas ilustrações de uma publicação de The National Academic Press

que resumem, sem muitas palavras (in English) o modelo cosmológico padrão.

O que aconteceu antes do Big Bang só pode ser respondido se entendermos o que aconteceu no Big Bang. Há pesquisas, teóricas obviamente, que abordam algumas especulações, usando a metodologia científica, isto é, faz-se modelos matemáticos e explora-se o que seriam suas previsões de observações. Se elas forem compatíveis, o modelo pode ser aprimorado para fornecer novas previsões e assim por diante. Se as previsões forem incompatíveis com as observações, o modelo é descartado! Nesta linha há alguns físicos teóricos trabalhando no que é chamado de Cosmologia Quântica.

Eventualmente a compreensão do que é o Big Bang, vai tornar a pergunta “o que aconteceu antes”, sem sentido. Mas não custa perguntar por enquanto.

Dica da Plus Magazine

Rosas não falam, exalam o perfume …

Dia 08 de Março é o Dia Internacional da Mulher. Em homenagem às mulheres, especialmente à minha querida, apresento a poesia singela de Cartola (1908-1980) nas vozes do tricolor Nelson Gonçalves (1919-1998) e Eliseth cardoso (1920-1990):
[vodpod id=Groupvideo.2150066&w=425&h=350&fv=]

more about “As rosas n“, posted with vodpod

Bate outra vez
Com esperanças o meu coração
Pois já vai terminando o verão enfim

Volto ao jardim
Com a certeza que devo chorar
Pois bem sei que não queres voltar para mim

Queixo-me às rosas, mas que bobagem
As rosas não falam
Simplesmente as rosas exalam
O perfume que roubam de ti

Devias vir
Para ver os meus olhos tristonhos
E, quem sabe, sonhavas meus sonhos
por fim

Rosas

Rosas da Officina de Bouquet´s de Holambra

Há outras interpretações da música, por exemplo:

Listen As rosas não falam – (Luciana Mello) Acho que exagera na dramatização. Gravado ao vivo.

Listen As Rosas Não Falam – (Nana Caymmi com Beth Carvalho) Fazem variações dramaturgas. Gravado ao vivo com bela orquestra.

Listen As Rosas Não Falam – (Cartola ) O próprio compositor cantando, aos sessenta e tantos anos.

Listen As Rosas Nao Falam – (Fagner)

Listen As rosas não falam – (Nelson Gonçalves ) Minha versão preferida.